Resultados da UPE devem sair até 16 de janeiro

Foto: Blenda Souto Maior/DP

Os estudantes que fizeram a terceira fase do Sistema Seriado de Avaliação da Universidade de Pernambuco (UPE), deverão ter acesso ao resultado final até o dia 16 de janeiro de 2019.  O segundo dia de provas aconteceu na manhã de ontem. Os feras responderam ao caderno com 42 questões das disciplinas de biologia, química, física, história, geografia e sociologia. O primeiro dia de avaliação ocorreu no último domingo.

O total de faltosos no segundo dia foi de 1.122 candidatos, representando 10,05% dos 11.157 inscritos. Os polos Recife e Petrolina foram os que registraram o maior número de abstenções, com 428 e 162, respectivamente. No primeiro dia de provas 1.065 inscritos (9,54%) não compareceram. Esse ano, não foi registrada nenhuma eliminação no SSA 3.

De acordo com os estudantes, o teste fugiu do formato que a UPE costumava utilizar nos anos anteriores, se tornando mais contextualizado. A estudante Alana Vital, 17 anos, se inscreveu para o curso de Saúde Coletiva e considerou a prova trabalhosa por causa dos textos longos. “As provas do segundo dia foram mais cansativas porque tiveram bastante textos. Sociologia veio com muitas ilustrações, chegou a ser até um pouco confusa. Mas acredito que me saí bem. Estou confiante”, disse.

Já a prova de física, uma das mais temidas pelos feras, apresentou dificuldade moderada. “Achei uma prova exaustiva, mas dentro do que era esperado. A UPE tem uma das provas de física mais difíceis, mas o conteúdo estava dento do que estudamos durante o ano”, comentou a concorrente do curso de administração, Lívia Almeida, 17 anos.

Segundo o professor de física do Colégio Damas, Jomar Matos, houve uma mudança na forma de cobrar a disciplina. “Essas modificações respondem às cobranças feitas por muitos professores ao longo do ano que criticaram o nível elevado que era exigido nas provas de física da UPE. Esse ano, a prova esteve mais coerente, apresentou uma boa distribuição de conteúdo. Ao contrário dos anos anteriores, não houve erros conceituais e esteve de acordo com o edital”, analisou o docente.

Concorrência
Neste ano foram oferecidas 1.740 vagas para os 55 cursos de graduação. Os cursos mais concorridos entre os estudantes são ofertados no Sertão do estado. Pelo sistema universal de concorrência, medicina, no campus de Serra Talhada, tem 39,75 candidatos para uma vaga. Considerando o sistema de cotas, odontologia tem 32 estudantes para uma vaga do curso no campus de Arcoverde.

Nenhum comentário