Sefaz-PE apreende 42 toneladas de carne de charque



A Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) apreendeu, na última segunda-feira (16), 42 toneladas de carne de charque bovina com notas fiscais fraudulentas, na BR-104, nas proximidades do município de Cupira, Agreste de Pernambuco. A carga, que seguia para municípios da Região Metropolitana do Recife, foi avaliada em R$ 536 mil. A ação resultou em um crédito tributário de R$ 183 mil em favor do Governo de Pernambuco.
Na ocasião, a equipe de apoio móvel do Posto Fiscal de São Caetano interceptou cinco caminhões que transportavam aproximadamente 100 toneladas de charque, vindas de uma empresa do Rio de Janeiro. Após a análise das notas fiscais apresentadas pelos motoristas, foi constatado que dois caminhões, cada um com 21 toneladas da mercadoria, possuíam a documentação idêntica a de outros dois que faziam parte do comboio, indicando a fraude de se utilizar a mesma nota em duas operações de venda distintas. Os produtos foram liberados no mesmo dia, após o pagamento dos autos de apreensão.
De acordo com o diretor de Postos e Terminais Fiscais da Sefaz-PE, João Cruz, a Secretaria tem buscado fortalecer as atividades de fiscalização nas estradas. “Estamos intensificando esse tipo de operação de combate à sonegação fiscal e, por consequência, combatendo a concorrência desleal. É salutar que continuemos com nossas ações de vigilância em relação às mercadorias em trânsito”, afirmou.

Cervejas

Na última sexta-feira (13), a Sefaz-PE interceptou, nos arredores de Goiana, Região Metropolitana do Recife, um caminhão que transportava aproximadamente 15 mil caixas de cerveja, avaliadas em R$ 298 mil. O veículo, oriundo do Ceará, se dirigia à Paraíba com a nota fiscal referente à entrada da mercadoria em Pernambuco, não apresentando o documento fiscal de devolução e recusa do destinatário, que justificaria a saída da carga do Estado. A irregularidade resultou em um crédito tributário de R$ 153 mil em favor do Governo de Pernambuco.

Nenhum comentário