Neymar decide, Brasil vence México por 2x0 e vai às quartas

Lance primeiro gol da seleção, feito por Neymar aos 5 minutos do segundo tempo / Saeed Khan/AFP



O sonho do hexa continua. A seleção brasileira é a quinta equipe classificada para as quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Nesta segunda-feira, equipe nacional venceu o México por 2x0, em Samara, e garantiu a vaga na competição. A seleção passou sufoco no primeiro tempo e só conseguiu cravar o triunfo na etapa complementar, com gols de Neymar, aos cinco minutos, e Firmino, aos 42. Agora, a equipe espera pelo vencedor do confronto entre Bélgica e Japão, às 15h (de Brasília) para conhecer o adversários da próxima fase. O jogo será na próxima sexta-feira, em Kazan, às 15h.

O JOGO

A tensão predominou no primeiro tempo da seleção brasileira. Com a forte marcação do México, os comandados pelo técnico Tite não conseguiram encontrar espaços para construir jogadas. Para piorar a situação, encararam forte pressão dos rivais. Logo no primeiro minuto, o México teve a primeira investida ao ataque pela esquerda com Vela, que adiantou para Guardado. O volante cruzou na área e Alisson deu um soco para longe. Na sobra, Lozano chutou em cima de Miranda, que cedeu escanteio.

Aos oito minutos, Vela novamente encontrou espaço pela esquerda. O mexicano arriscou chute e Fagner interceptou, cedendo nova cobrança na lateral. Bola foi cruzada na área e Chicharito dividiu com Alisson. O goleiro deu um soco para longe, mas o
bandeirinha já havia sinalizado impedimento. O Brasil passou muito sufoco, principalmente pela esquerda. Para se ter uma ideia, aos 12 minutos o México já acumulava três cobranças de escanteio. Pressão que permaneceu até aproximadamente os 20 minutos da primeira etapa.
O técnico Tite forçou a mudança de estratégia seleção brasileira em campo, passando a marcar as saídas dos meias no 4-4-2. Funcionou. Além de neutralizar as jogadas rivais, a seleção encontrou mais espaços para chegar ao ataque.  O primeiro grande lance surgiu aos 24, quando o Brasil emplacou primeira sequência ofensiva na partida. Pela esquerda, Filipe Luís tocou para Neymar, que driblou a zaga e chutou rasteiro. Ochoa salvou o México. Logo em seguida, o camisa 10 sofreu falta. Na cobrança, a bola ficou na zaga mexicana, Gabriel Jesus tentou e novamente a defesa tirou, por último, Coutinhi chutou firme de fora da área, mas bola passa por cima da meta de Ochoa.
Embora tenha passado muito sufoco nos primeiros minutos do jogo, a seleção apresentou números mais sólidos na partida. Foram 11 finalizações contra quatro dos mexicanos. Três chutes a gol para o Brasil e nenhum para os rivais.

Nenhum comentário