Menino impedido de comer em shopping ganha vaga em escola

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE) conseguiu uma vaga na escola para o garoto de 12 anos que se envolveu em um caso de discriminação no Shopping da Bahia em junho deste ano. Viralizou nas redes sociais o vídeo em que um segurança do shopping negava que o menino comesse no estabelecimento mesmo a refeição sendo paga por um cliente.
O garoto estava matriculado em uma escola no bairro de Fazenda Coutos, onde residia. Depois que a família se mudou para Pernambués, não conseguiu vaga em uma escola do novo bairro. Após o DPE solicitar para a Secretaria Municipal de Educação uma vaga, o garoto começou a estudar em uma escola próxima a sua residência.
Desde que o caso ganhou repercussão nacional, a Defensoria Pública vem prestando apoio e orientação jurídica aos envolvidos, segundo o jornal Correio 24 Horas. Depois do ocorrido, o segurança que aparece no vídeo foi afastado para passar por treinamento.

Nenhum comentário