Internos fogem da unidade da Funase do Cabo de Santo Agostinho

O 18º BPM deslocou todas as viaturas para fazer a captura dos fugitivos / Foto: Reprodução / Whatsapp



Internos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) do Cabo de Santo Agostinho realizaram um motim e fugiram na tarde deste domingo (01).


Segundo a assessoria da Funase, o motim começou às 17h da tarde em duas alas da unidade e está sendo controlado com o auxílio da Polícia Militar.
De acordo com o 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que faz a cobertura da região, todas as viaturas da unidade foram deslocadas para fazer a captura dos fugitivos. Não foi informado detalhes sobre a fuga nem quantos internos estão nas ruas.

Superlotação

Segundo Thelson Santos, presidente do do Sindicato de Agentes Socioeducativos, o Case do Cabo de Santo Agostinho tem capacidade para comportar 200 internos, mas, no momento, esse número já ultrapassa 500 internos. Ainda segundo ele, há um déficit de agentes para fazer a segurança interna do local e profissionais de outros cases estão sendo solicitados para a ocorrência no Cabo.

Nenhum comentário