Croácia vence a Inglaterra e Copa do Mundo terá final histórica

Mandzukic fez o gol da vitória da Croácia, no segundo tempo da prorrogação / Yuri Cortez/AFP
A Copa do Mundo da Rússia terá uma final histórica. Na tarde desta quarta-feira, a Croácia superou a Inglaterra por 2x1, de virada, com gol do triunfo marcado no segundo tempo da prorrogação. Trippier abriu o placar aos cinco minutos do primeiro tempo, enquanto Perisic e Mandzukic descontaram para os croatas. Após disputar a terceira prorrogação seguida - antes já havia superado Rússia e Dinamarca -, os croatas se prepararam para enfrentar a França em uma decisão inédita do Mundial, no próximo domingo, às 12h (de Brasília).
A Inglaterra, por sua vez, pegará a Bélgica na disputa pelo terceiro lugar da Copa da Rússia.

O JOGO

As equipes ainda estavam se ajustando em campo quando Dele Alli foi derrubado na entrada da grande área. Na cobrança de falta, Trippier mandou um chute certeiro no ângulo do gol de Subasic, abrindo o placar em Lujniki: 1x0 para a Inglaterra. Do outro lado, os croatas não esperavam ficar na desvantagem logo nos primeiros minutos da partida. Em campo, a equipe sentiu o gol do rival e passou sufoco para voltar a dominar o jogo.
Sem reação por parte da Croácia, aos 14 minutos, a Inglaterra teve nova oportunidade em um lance de bola parada. Na cobrança de escanteio, Maguire subiu mais alto e cabeceou com perigo, deixando o goleiro Subasic em alerta. A bola saiu pela linha de fundo. O troco da Croácia veio na sequência, aos 17, Perisic arriscou chute de fora da área e a bola saiu após desvio em Walker. No minuto seguinte, Perisic foi lançado por Modric, dominou, mas antes de finalizar foi desarmado. Na sequência, a sobra ficou com a Croácia de novo. Rakitic lançou Vrsaljko, que não alcançou a bola, que saiu pela lateral. Aos 20, Rebic ganhou nova disputa na entrada da área e também arriscou chute. Sem sucesso.
Embora a equipe croata tenha conseguido algumas boas chances, a Inglaterra tinha o domínio do jogo. Tanto que aos 29 Harry Kane perdeu duas chances de ampliar o placar. No primeiro momento, o artilheiro foi lançado, chutou em diagonal e Subasic salvou os croatas. No rebote, Kane ajeitou, mas acertou o travessão. A jogada, no entanto, já estava impedida de acordo com análise do bandeirinha.
A Croácia ainda construiu algumas oportunidades, mas simplesmente não conseguiu finalizar ao gol. Aos 33, Rebic recebeu cruzamento rasteiro, mas o chute esbarrou em Young. Logo depois, Dele Alli deu o troco para a Inglaterra. O meia avançou pela esquerda, tirou a zaga croata e cruzou para Lingard, que chutou rateiro bem perto da trave.
A proposta de jogo da Croácia para o segundo tempo foi apertar a marcação e buscar a igualdade no placar. Conseguiu. Após algumas boas oportunidades, o gol croata saiu aos 22 minutos. Na jogada, Vrsaljko cruzou na área e Perisic chutou para empatar o marcador: 1x1. A igualdade no placar desestabilizou a seleção inglesa por completo. Com isso, o segundo tempo foi domoniado pelos croatas, com destaque para a atuação de Perisic. Três minutos depois de marcar seu gol na partida, o meia chutou em diagonal e acertou o trave direita. No rebote, Rebic arriscou nas mãos do goleiro britânico. Aos 36, nova chance para a Croácia. Mandzukic dominou e chutou nas mãos de Pickford.

Nenhum comentário