Aos 71 anos, morre no Recife o presidente da Alepe, Guilherme Uchoa

O deputado deu entrada no hospital, no último domingo, com um quadro de pneumonia decorrente de broncoaspiração  / Foto: Arquivo/JC Imagem


O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa (PSC), de 71 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (03), após um agravamento de um edema pulmonar agudo, seguido de uma parada cardíaca. O político estava hospitalizado desde o último domingo (1º) no Hospital Português, no bairro do Paissandu, área central do Recife.
De acordo com a assessoria da Alepe, o deputado faleceu por volta das 4h. Uchoa estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com um quadro de pneumonia decorrente de broncoaspiração.
O presidente da Alepe teria passado mal e sido levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz de Rebouças, em Igarassu. Em seguida, teria desmaiado e foi conduzido para o Hospital Português.
Natural da cidade de Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, o presidente da Alepe deixa esposa, dois filhos e seis netos.



Melhora

Nessa segunda-feira (2), o deputado Gulherme Uchoa teria apresentado uma evolução clínica e laboratorial satisfatória. As informações foram divulgadas pelo Hospital Português, durante a tarde. De acordo com a unidade de saúde, o quadro clínico estava sob controle médico, mas o deputado permanecia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nenhum comentário