Após boato de ter decepado braço de enteada, homem é morto a tiros


Um agricultor foi assassinado a tiros, no município de Poção, no Agreste de Pernambuco. A polícia acredita que o crime tenha sido cometido por causa de um boato de que o homem teria decepado o braço da enteada para aposentá-la.
A vítima foi o ex-presidiário José Fernando da Silva, de 51 anos. Ele trafegava em uma moto com a esposa, quando dois homens se aproximaram e anunciaram um assalto. Eles pediram para a mulher se afastar e fizeram vários disparos, que atingiram o tórax e o rosto da vítima.

Reprodução/TV Jornal


O boato

Uma semana antes, a enteada de 4 anos de José Fernando deu entrada no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife, com o braço decepado. Por causa disso, foi criado um boato de que o homem teria feito isso com a menina para aposentá-la.
A polícia acredita que essa tenha sido a causa da morte. Segundo a população, José Fernando apresentava um comportamento agressivo e já tinha dado entrada no sistema prisional por estupro, mas não há indícios de que tenha feito isso com a enteada.

Nenhum comentário